NOTÍCIAS | Publicado em 02/05/2017 08:29:55    
Prefeitura participa do “Maio Amarelo” com ações educativas no trânsito

Mais uma vez, a Prefeitura de Campo Grande estará engajada no movimento Maio Amarelo, em parceria com a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), por meio do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito – GGIT, com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

As ações terão início na segunda-feira (1º), com a instalação de luzes amarelas para iluminar o Obelisco, o relógio da Rua 14 de Julho e o Monumento Vida no trânsito – da artista plástica Carla de Cápua.

A programação da Agetran segue no dia 2 de maio, terça-feira, com três ações: palestra para os servidores e colaboradores da Águas Guariroba; distribuição de copos com água para os condutores com a mensagem “Se for dirigir, beba água”; apresentação de vídeo palestra, do Clube do Setinha, com foco na educação para o trânsito para crianças de até 12 anos.

A abertura oficial da edição 2017 do movimento Maio Amarelo será no dia 4 de maio, próxima quinta-feira, às 8h30, na avenida Afonso Pena – esquina com a Rua 25 de Dezembro, e contará com a participação de autoridades, entre as quais o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, e o diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Sobre o Maio Amarelo

Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “Maio Amarelo” estimula você a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de mama, ao de próstata e, até mesmo, às campanhas de conscientização contra o vírus HIV – a mais consolidada nacional e internacionalmente.

Portanto, a escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.

Vale ressaltar que o Maio Amarelo, como o próprio nome traduz, é um movimento, uma ação, não uma campanha; ou seja, cada cidadão, entidade ou empresa pode utilizar o laço do “Maio Amarelo” em suas ações de conscientização tanto no mês de maio, quanto, na medida do possível, durante o ano inteiro.

Sobre o GGIT

O Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito – GGIT, instituído pelo Decreto n. 11.370, de 17 de novembro de 2010, de caráter consultivo e deliberativo, tem por objetivo promover a integração do Sistema de Trânsito no Município de Campo Grande, respeitando a autonomia das instituições que o compõe.

A operacionalização do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito integra, de maneira prática, os órgãos pertinentes ao campo da educação e segurança no trânsito.

Entre as atribuições e competências do GGIT está a promoção da atuação conjunta de forma sistemática dos órgãos que integram o Gabinete, visando à prevenção, a educação, a segurança e o controle do trânsito de Campo Grande; avaliar indicadores que possam demonstrar a eficiência do sistema de segurança no trânsito no Município de Campo Grande e, também, identificar demandas e eleger prioridades como base em diagnósticos.

Integram o GGIT a Agetran, Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Detran, Sest/Senat, Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (Sesde), Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), Corpo de Bombeiros, Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul (Sinepe), Instituto de Criminalística, Secretaria de Estado de Saúde (SES), Santa Casa, Fenabrave/Sincovems.

E, ainda, o SAMU, Assetur, Conselho Comunitário de Segurança no Trânsito/MS, Rotary, Conselho Regional de Psicologia (CRP), UFMS, Agesul,Grande Oriente do Brasil (GOB), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb), Ministério Público Estadual, OAB/MS, Secretaria de Estado de Educação (SED), Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos do Mato Grosso do Sul (Agepan).

Faz parte também a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE), Conselho Comunitário de Segurança do Centro, Liga do Trauma e Emergências Médicas/UFMS, Secretaria Municipal de Educação (Semed), DNIT, Sindicato dos Centros de Formações dos Condutores (CFCS/MS), Sintáxi, Sindicato dos Mototaxistas, Ministério da Saúde, Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ESG Adesg, Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRAN) e o Comando do Policiamento Metropolitano (COM).

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Campo Grande

Assessoria de Imprensa do Consórcio Guaicurus





Rua Visconde de Taunay, 345 | B. Amambaí | CEP: 79008-030 | (67) 3316-6600
cgu@cgucg.com.br | Campo Grande/MS |Brasil