NOTÍCIAS | Publicado em 28/04/2017 09:17:44    
Projeto de lei pode acabar com uso de gorduras trans em alimentos

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal aprovou na última quarta-feira (26) um projeto de lei que proíbe o uso de gorduras vegetais hidrogenadas, as chamadas gorduras trans, na produção de alimentos.

As gorduras trans são produzidas artificialmente e buscam aumentar o sabor e o tempo de conservação das comidas industrializadas, como margarina, macarrão, instantâneo, biscoitos e pratos congelados.

De acordo com o relator da proposta, senador Eduardo Amorim (PSDB), a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda a eliminação dos ácidos graxos trans industrializados.

Segundo a Anisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), esses ácidos podem aumentar o risco de doenças cardiovasculares. O projeto estabelece que outras gorduras poderão ser utilizadas na produção alimentícia, em substituição às trans.

O projeto de lei é de autoria da senadora Marta Suplicy (PMDB), e se não houverem recursos deve seguir direto para votação na Câmara dos Deputados. As informações são da Agência Senado.

 

Fonte: Midiamax

Assessoria de Imprensa do Consórcio Guaicurus





Rua Visconde de Taunay, 345 | B. Amambaí | CEP: 79008-030 | (67) 3316-6600
cgu@cgucg.com.br | Campo Grande/MS |Brasil